Celso de Mello mandou a Polícia Federal apreender a câmera que fez a gravação da famosa reunião ministerial que alavancou o Bolsonaro 2022. O aparelho passará por perícia para saber se o vídeo foi editado.

Ôpa! Quer dizer que na sexta-feira o ministro liberou uma gravação sem perícia?

Que coisa, hein?!

Será que O Mito mitou ainda mais do que vimos?

* * *