“Permitam-me confessar-lhes com franqueza que este esboço da literatura brasileira tem a natureza do “mais ou menos”. A literatura, sabe-se, não é uma ciência; é uma questão de gosto e opinião: o Brasil também é o país do “mais ou menos”, e com isso quero dizer que não somos dotados de mentalidade científica; não nos agrada a precisão matemática. Detestamos números e fórmulas, mas somos loucos por palavras, cores e imagens. Somos um povo muito boêmio, que confia demais em Deus. Para falar a verdade acreditamos piamente que Deus é brasileiro.”

Erico Verissimo em Breve História da Literatura Brasileira.

***