O governo do estado de São Paulo aunciou ontem um convênio entre o Instituto Butantã e um laboratório chinês para a produção de uma vacina contra o vírus chinês.

Momento bola-de-cristal:

1. A vacina, sabe-se lá com que geringonça dentro, ficará pronta com a ajuda do laboratório chinês – laboratório subserviente ao Partido Comunista Chinês (PCC), como toda e qualquer entidade chinesa.

2. A tv fará campanha maciça, análoga à campanha de terrorismo que tem feito para botar medo no povo, só que em sentido inverso, incentivando o povo a, finalmente, sair de casa rumo ao posto de vacinação.

3. A vacinação será obrigatória, claro.

4. O povo, globotomizado e falto de lideranças – todas elas ou covardes ou de rabo preso -, irá se vacinar, saltitante e feliz, submetendo-se à vontade e às substâncias do PCC.

Duvida?

Basta ver como o povo tem se submetido à vontade do governo e da tv.

* * *