Alguma coisa está mudando na China.

A empresa suíça Alpa venceu um processo nos tribunais chineses contra uma fabricante local que copiava os seus produtos. A empresa chinesa fabricava os produtos e os vendia não apenas sob a sua marca mas até mesmo sob a marca suíça.

O caso dá esperança aos fabricantes de equipamentos fotográficos estrangeiros, costumeiramente prejudicados pelas complicadas leis de direitos autorais da ditadura comunista. Os juízes chineses, entretanto, não são independentes, já que o PCC (Partido Comunista Chinês) pode sempre intervir e dar a palavra final.

O ineditismo do caso, segundo alguns analistas, pode ser explicado pelo aumento da qualidade dos produtos chineses – à medida que se tornam melhores, ficam suscetíveis a cópia, fato que preocupa a China.

Tanto aqui como lá, vale a máxima “pimenta nos olhos dos outros é refresco”.

Com informações da DPREVIEW.

***