James Snow, policial da Califórnia com 25 anos de experiência em investigação de milhares de acidentes, acredita que baixos limites de velocidade nada adiantam.

Segundo ele, a maioria dos acidentes não é causada por velocidade. “Na última década, um dos principais motivos das colisões foi a desatenção dos motoristas. O advento do telefone celular fez os acidentes dispararem.”

“A maior parte das mortes que investigamos aconteceram com veículos trafegando dentro dos limites de velocidade.” – acrescentou Snow.

Na Alemanha, onde as Autobahan têm trechos de velocidade irrestrita, o número de mortes no trânsito é proporcionalmente três vezes menor do que nos EUA.

O álcool continua sendo a maior causa dos acidentes segundo dados da Highway Traffic Safety Administration.

Segundo o policial, a educação no trânsito é fundamental para a redução de mortes ao volante.

Com informações de Road & Track.

***