Desde o começo da história da humanidade, coube ao homem – por sua compleição física – tarefas como caçar, construir abrigos, carregar pedra, derrubar árvore e assim por diante. Coube à mulher coisas mais leves como cuidar do lar e colher frutos, por exemplo. Nessa tarefa, ela buscava – e se alegrava quando encontrava – frutos rosados. Assim nasceu a sua predileção por essa cor.

E, às feministas que teimam em dizer que se trata apenas de um “constructo social”, digo que acreditarei nisso quando vir a mulherada carregando pedra, caçando onça com lança e derrubando árvore com machado de pedra.

***