Quando São Josémaria Escrivá esteve no Brasil, na década de 1970, lhe perguntaram “Por que o Brasil não tem nenum santo?”. (De lá para cá, o Brasil ganhou alguns santos.) Na época, Escrivá respondeu “Você pode estar vivendo no meio de santos e não saber”.

Me lembrei disso ao ouvir a história de Jaqueline Andrade. A menina de 16 anos faleceu no dia 18 de março após ficar ficar mais de dois meses internada por causa de queimaduras. Na madrugada do dia 15 de janeiro, a casa em que ela morava com a família foi alvo de um incêndio criminoso realizado por meio de um coquetel molotov. Ela conseguiu sair da casa mas voltou para resgatar o irmão de 4 anos. Isso aconteceu em Colombro, na Grande Curitiba.

“Eu sempre tive coragem de dar a minha vida para os outros” disse a jovem no hospital.

Sim, Escrivá tinha razão. Temos santos ao nosso redor e não percebemos. Pagaremos caro por sermos tão toscos.

***