No filme italiano Profumo di Donna (1974), o Capitão Fausto (Vittorio Gassman), cego e maneta, precisa ir ao banheiro e pede ajuda a uma freira holandesa para lhe abrir a braguilha:

– A uma freira italiana eu não me atreveria a pedir isso, mas vocês, na Holanda, têm uma igreja tão moderna…

De fato, da Holanda dessa época veio o famoso Catecismo Holandês, obra que ajudou a construção da teologia da libertação. Era obra de referência nos seminários brasileiros naqueles tempos. Eu estava lá, no Seminário Redentorista Santo Afonso, em Aparecida, e testemunhei o estrago holandês.

Meninos, eu vi!

Vi o Catecismo Holandês e agora vejo o Catecismo Argentino, obra de Bergoglio que, com uma canetada, proclama a morte da pena de morte. Como o Holandês, o Argentino fará – já está fazendo – estragos sem conta numa Igreja cambaleante.

A Igreja cambeleia mas não cai, porque é o Corpo Místico de Cristo, Deus Incarnado. O Catecismo Argentino passará, assim como passou o Holandês, derrubando os fracos e fortalecendo os fortes.

Passou também, infelizmente, o gênio de Gassman, que hoje poderia dizer:

– Vocês, na Argentina, têm uma igreja tão moderna…

***