Quem quer que leia a Bíblia com sisudez e não perceba o bom humor das entrelinhas, fará uma leitura truncada. Esse não conhece a Bíblia.

No Evangelho de hoje, Nosso Senhor Jesus Cristo reúne os discípulos e pergunta: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?

“João Batista (risos); Elias (muitos risos); Jeremias (mais risos ainda).”

Na Primeira Leitura, São Pedro está na maior enrascada da vida: metido em ferros na prisão, guardado por quatro grupos de soldados. Mas um anjo o liberta com a maior facilidade. Deve ter sido divertido ver a confusão que se instaurou no quartel quando notaram o desaparecimento do preso predileto do chefe. Divertido para nós…

Na Segunda Leitura, São Paulo reconhece que está chegando a hora da morte. Saber a data da morte não é para qualquer um. Lembra a piada em que a Morte avisou um rapaz que viria buscá-lo tal dia:

– Zé, se prepare porque tal dia virei buscar você. Eu não costumo avisar mas abri uma exceção porque você é boa pessoa.

Zé coçou a cabeça. “E agora? Não quero morrer! O que vou fazer?”

“Já sei!” E traçou um plano.

No dia aprazado, esse se disfarçou como se fosse um velhinho, com maquiagem e tudo. E foi para um baile, cheio de gente. “Quero ver a Morte me achar aqui!”

Quando estava no baile, adivinhe quem chegou? Isso mesmo, a Morte!

Ela rondou, passou por ele, olhou bem mas não reconheceu. Minutos depois, a Morte voltou, parou do lado dele e disse:

– Hoje é o dia em que eu devia levar o Zé. Infelizmente, não estou encontrando. Por isso, vou levar você, que já está bem velhinho mesmo!

***

Anúncios