No Evangelho de hoje, aparecem os irmãos de Cristo. Na verdade, eram parentes e não irmãos filhos de Maria. Maria só teve Cristo. A confusão ocorre porque na época não havia o termo adequado – primos, no caso.

É mais ou menos igual à piada de hoje em dia: meu tio era filho único.

Sim, é possível o seu tio ter sido filho único; ele pode ter casado com a irmã do seu pai ou da sua mãe. A graça vem do fato de não termos um termo específico para designar esse tipo de parente.

***