Com informações do Crítica Nacional.

Ao contrário do que diz a mídia e boa partes das redes sociais, a greve dos caminhoneiros não é um movimento exclusivamente daquela categoria profissional.

A paralisação e o caos resultante atendem principalmente aos interesses da esquerda revolucionária.

***