“É uma desgraça” que bispos alemães se oponham à decisão da Baviera de colocar crucifixos nas repartições públicas disse o Núncio Apostólico da Áustria, Dom Peter Zurbrigen.

Sinal dos tempos. Numa Igreja invadida, fica difícil diferenciar os traidores dos idiotas úteis.

Para mim, é muito simples: excomunhão. A Igreja precisa de menos gente, não de mais.

Com informações do ACI Digital.

***