A Polícia Federal realizou ontem mais uma etapa da Lava Jato (parece que esse jato não tem fim) chamada Pão Nosso porque investiga superfaturamento no fornecimento de pão para as cadeias do Rio de Janeiro.

A PF identificou, pela primeira vez, operações de lavagem de dinheiro usando bitcoins. Em outras palavras: o crime está se sofisticando.

Muita gente acredita que a Lava Jato seja um divisor de águas na história do Brasil. Daqui pra frente, tudo vai ser diferente… já cantava o Rei décadas atraś.

Ledo engano!

O crime vai se sofisticar porque o que impede o crime não são as leis. Muito pelo contrário, as leis são a manifestação da qualidade moral do povo. E, no Brasil, as leis que incentivam o crime mostram a nossa baixíssima qualidade moral.

A qualidade moral de um povo vem do berço; da família, em outras palavras.

Por isso, se você quiser prever o futuro do crime no Brasil, basta olhar para a situação das famílias.

Outro dia me contaram a história de uma ficha de inscrição escolar que continha os seguintes campos: endereço do pai, endereço da mãe, endereço da criança.

Isso é família?

***