Liu Xiaobo, dissidente chinês ganhador do Nobel da Paz, foi cremado hoje e as suas cinzas foram jogadas ao mar. Xiabo tinha câncer e o governo chinês impediu a sua saída do país para tratamento.

Ling Bing é uma panda gigante que teve gêmeos na semana passada. O governo chinês comemorou.

Essas duas notícias são o próprio retrato do mundo moderno: um mundo comunista, sem Deus, sem religião, sem decência, sem vergonha na cara e que no fim, quando tudo dá errado, oferece como solução o homicídio ou o suicídio.

***

Anúncios