Hoje a Igreja celebra a memória dos Protomártires Romanos – a imensa multidão de mártires dos primeiros tempos do Cristianismo. Já naquele tempo, a moda era culpar os cristãos por tudo. Imagino Nero acusando “a direita cristã” pela má sorte na colheita ou coisa parecida.

Mais de dois mil anos depois, a história se repete. Estamos voltando aos tempos das catacumbas e os cristãos estão novamente em baixa. Sofremos o chamado “martírio branco” – a perseguição do politicamente correto, da ideologia de gênero, da censura no foicebook e no google, do fim da carreira profissional por causa da manifestação da opinião – quando não a morte por terrorismo ou degola perpetrada pelos megalomaníacos islâmicos cujas vítimas cristãs são estimadas em mais de cem mil por ano.

É uma verdadeira porcaria mas lembremo-nos das palavras de Cristo: aquele que Me confessar perante os homens, Eu também o confessarei perante o Meu Pai que está nos céus.

Não deixe de assistir o vídeo do Padre Paulo Ricardo: Protomártires Romanos.

Não deixe de ler o livro The Catholic Martyrs of Twentieth Century, de Robert Royal.

*

Pedro e Paulo, André, Tiago, João e Tomé, Tiago, Filipe, Bartolomeu, Mateus, Simão e Tadeu, Lino, Cleto, Clemente, Xisto, Cornélio, Cipriano, Lourenço, Crisógono, João e Paulo, Cosme e Damião

João, Estevão, Matias, Barnabé, Inácio, Alexandre, Marcelino, Pedro, Felicidade, Perpétua, Águeda, Luzia, Inês, Cecília, Anastácia

e todos os Vossos santos

rogai por nós!

***

Anúncios