A incursão do governo na Cracolândia de São Paulo deu destaque ao problema das drogas (como se já não fôsse destaque diário – é o destaque do destaque).

Em meio às insanidades da mídia, é hora de lembrar alguns ensinamentos do professor OdC.

Primeiro: sobre o tráfico. Que comércio é esse em que um pode comprar mas o outro não pode vender? pergunta o filósofo.

Segundo: sobre a comparação entre drogas e cigarro. Você já viu alguém fumar um holywood e ficar doidão?

Terceiro: sobre a legalização das drogas. Os defensores da liberação das drogas argumentam que isso acabaria com o tráfico ilegal e manteria a coisa sobre controle. Nada disso, diz o professor. Desde quando a legalização acaba com o mercado negro? Veja o caso de eletro-eletrônicos: o comércio legal não acaba com o comércio ilegal.

Acima de tudo, não podemos esquecer o Foro de São Paulo, a maior organização criminosa da América Latina, sucursal da Rússia, tão denunciada por OdC. É o Foro de São Paulo quem mais lucra com o tráfico. Nele estão PT e FARC, dentre outros.

Antes de terminar, não podemos esquecer:

  • a mídia é um braço do Foro de São Paulo;
  • os viciados são o lunpemproletariado, o grande agente da revolução.

***

Anúncios