Fato 1: Paulo Maluf foi condenado a quase 8 anos de prisão e multa de R$ 1,3 milhão por superfaturamento em obras realizadas durante a sua gestão como prefeito de São Paulo. O valor do desvio, segundo o Ministério Público Federal, é superior a US$ 172 milhões.

Fato 2: Paulo Maluf inaugurou o Minhocão em 1971 quando foi prefeito da cidade pela primeira vez. Na época, o elevado recebeu o nome de Costa e Silva. No ano passado, o nome foi alterado para João Goulart.

Esses dois fatos revelam uma coisa: o avanço do comunismo. No primeiro, o valor desviado é dinheiro de pinga em comparação com os valores que os comunas desviaram na era Lula-Dilma. Isso torna Maluf um verdadeiro aprendiz de feiticeiro perto dos ratos vermelhos. No segundo fato, fica evidente que os comunistas estão vencendo a mais importante das lutas: a guerra cultural. Homenagearam um colega cuja intenção era conduzir o País para uma ditadura como as de Cuba, Venezuela e Coréia do Norte. Ninguém chiou.

Uma sociedade que não quer lutar já perdeu a luta.

***

Anúncios