O Senado aprovou o projeto de lei de criação de um documento único de identificação, uma carteirinha que vai reunir todos os dados do infeliz cidadão brasileiro: CPF, RG, CNH, título de eleitor, biometria, telemetria… agora, o governo vai saber até o que você anda pensando. A porcaria conta, evidentemente, com um chip. A esquisitice vem se juntar a notas fiscais paulistas, bilhetes únicos, intromissão em aplicativos etc – todos dispositivos de vigilância.

Agora, quando você piscar um olho, o governo saberá.

No país que se tornou o reino do capeta por causa do incentivo ao crime pregado por Marcuse e outros gentis pensadores da Escória, digo, Escola de Frankfurt, os nossos sábios legisladores mais uma vez partem para cima do infeliz cidadão brasileiro vítima da moderna escravidão na qual o governo é o senhor de escravos e nós somos os escravos pagadores de impostos. Ao mesmo tempo, os vestais legisladores brasileiros aprovam leis e mais leis favoráveis aos bandidos.

Aos defensores da onipresença estatal, fica a reflexão: quem vigia os vigilantes?

***

Anúncios