“O pessoal da direita chegou agora, leu três artigos do Olavo de Carvalho, já acha que sabe tudo e quer ser senador, presidente da República. Um bando de palhaços, evidentemente.”

*

Em seu último livro, ele exalta artistas negros brasileiros que “entendiam que suas remotas origens africanas tinham sido neutralizadas pela absorção na cultura ocidental” e que não ficavam “choramingando coletivamente as saudades de culturas tribais extintas”.

*

Em outro episódio, foi criticado ao defender que o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) fizesse um exame “para verificar se sua saliva não transmite o vírus da Aids”, após o parlamentar tentar cuspir em Bolsonaro na votação do impeachment. Em resposta, a Associação Brasileira Interdisciplinar de Aids sugeriu que o escritor fosse examinado “para verificar se sua saliva não transmite o vírus da ignorância e do preconceito”.

*

Coméntário de Olavo de Carvalho sobre a matéria de João Fellet, enviado da BBC Brasil a Petersburg, Virginia: Nem todos os detalhes estão certos, mas esta é, de longe, a melhor reportagem que já se escreveu a meu respeito. Parabéns, João Fellet.

***

Anúncios