Assista o vídeo do Padre Paulo Ricardo: Ministro do Supremo admite: “Não devemos satisfação a ninguém”.

***

Anúncios