O Padre Lódi, de Anápolis, na mais absurda sentença já ocorrida no Brasil, foi condenado a indenizar um casal em R$ 60 mil por ter simplesmente impetrado um habeas corpus para impedi-los de cometerem um assassinato. Muita gente tem se oferecido para ajudar a pagar a multa. Leiam o que diz o Padre Lódi:

Por favor, não façam isso! A sentença ainda pode ser reformada, mas ainda que a condenação se confirme, a Justiça nada poderá exigir além dos meus “bens” (art. 789, novo CPC) para o cumprimento de minhas obrigações. Não tenho e nem quero ter dinheiro para prestigiar a causa abortista.

Quais os “bens” de um padre? O Crucifixo e o Evangelho.

Será que o capeta vai querer?

***

Anúncios