Amanhã eu vou à manifestação na avenida Paulista.

Vou me juntar a milhões de pessoas decentes cansadas de serem tratadas como palhaços.

Amanhã vamos mostrar aos canalhas que restaram na administração pública quem é que manda neste país. Vamos mostrar aos deputados e senadores bandidos que a hora deles está chegando. Já tiramos Vovó Dilma, a Usurpadora – usurpou o primeiro mandato por meio de crime eleitoral quando apreendeu os folhetos contra o aborto do meu saudoso amigo Dom Luiz Gonzaga Bergonzini e usurpou o segundo mandato por meio da apuração secreta das eleições. Já varremos o PT do mapa sem dó nem piedade e agora precisamos acabar o serviço. Fora PT já saiu de moda; o grito agora é Fora Foro.

Fora Foro de São Paulo, vá para o quinto dos infernos junto com el barba que te criou, vá fazer companhia ao cripto-capitalista de 900 milhões de dólares da Forbes (em 2006!) que, por ironia, morreu na Black Friday e hoje jaz num objeto que sempre lhe deu coceira – uma urna.

Fora Foro, e leve junto a indústria de sequestros engrendrada pelo MIR e levada a cabo pelo PCC. Aproveite e leve embora o tráfico de drogas dos irmãos Castro que criou uma geração de brasileiros zumbis.

Amanhã é dia de varrer das redações da mídia de massa todos os mentirosos jornalistas comunistas (passe o pleonasmo) e dar uma sacudida nos seus idiotas colegas úteis para ver se acordam.

Idiota útil é o que não falta. Abundam nas redações, nas salas de aula e em toda a sociedade; caíram no canto da sereia comunista e amanhã é dia de mostrar a eles os verdadeiros valores constituintes de um povo – a religiosidade, o patriotismo e a caridade em oposição ao ódio, à burocracia e à mentira.

Vamos às ruas amanhã lutar contra um STF que exorbita dos seus poderes, vamos lutar contra o aborto, vamos mostrar que a vida quem dá é Deus, vamos dar voz aos não nascidos, vamos proteger as mães para que, no futuro, não se arrependam de terem matado o filho na barriga. Deus nos manda cuidar dos indefesos e dos inocentes.

Amanhã vamos travar uma luta de vida ou morte contra o chefe dos comunas – o capeta em pessoa, cujo único objetivo é a danação dos homens. Amanhã vamos às ruas por nossas famílias, por Cristo e por Nossa Senhora das Sete Alegrias, mãe de Guararapes e fundadora do Brasil. Amanhã vai ser um dia de festa.

Amanhã eu vou lá!

***

Anúncios