Às vezes, quando algum representante do Clero se comporta mal – falando o que não deve, dando mau exemplo, desedificando – pode acontecer de alguém fraco na fé desanimar ou, pior ainda, abandonar a Igreja de Cristo. Que a Igreja sofra ataques de fora, é normal, mas, infelizmente, hoje o inimigo está dentro de casa e, como bem disse o Papa Paulo VI “Por alguma fresta, a fumaça de satanás entrou na Igreja”. São Josemaría Escrivá também disse “O inimigo está dentro”.

Quem é dado a conjecturas logo pensa no fim dos tempos e em profecias de apocalipse. Acontece que esse negócio de profecia é assunto para gente do tamanho de Moisés e Nossa Senhora; não é para pés-rapados como nós. A nós, só resta orar e se sacrificar.

Seja como fôr, tudo isso lembra o episódio em que Napoleão Bonaparte sitiou o Papa e exigiu que ele assinasse um documento dando a ele – Napoleão – plenos poderes sobre a Igreja.

Ou o Papa assina ou eu vou destruir a Igreja” disse o invocado imperador à pessoa a quem entregou o documento. O interlocutor replicou calmamente:

– O senhor me desculpe mas, se tantos Papas e Cardeais, Bispos e Sacerdotes não conseguiram destruir a Igreja ao longo de quase 2 mil anos, não será o senhor, no curto espaço de uma vida humana, que irá conseguir essa proeza!

*

Fé em Deus, irmão!

***

Anúncios