Ontem, o presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho, ministro Ives Gandra Filho, pediu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que retire da pauta projetos para a criação de novos cargos e contratação de servidores. A economia será de R$ 1 bilhão por ano.

E, por falar em Rodrigo Maia, o presidente da Câmara, falando sobre o projeto de contenção de despesas do governo Temer, disse que “o governo não pode tudo”. Até que enfim alguém criou coragem para dizer isso! Chega do estado papai noel, chega de sermos tutelados, chega de bolsas-esmola. Menos governo e menos imposto. Afinal, quem você acha que cuida melhor do seu dinheiro? Você ou os políticos?

Uma boa sugestão de economia para as autoridades seria o fim da TV Justiça. Para que o Poder Judiciário precisa disso? O próprio ministro Teori Zavascki não criticou ontem o “espetáculo midiático” do Ministério Público Federal? Então, ele que dê o exemplo e ponha fim ao espetáculo midiático do Supremo.

***

Anúncios