Napoleão Bonaparte, na sua ânsia megalomaníaca, sitiou o Papa e vociferou para um bispo:

– Mande o Papa assinar este documento me dando plenos poderes sobre a Igreja. Se ele não assinar, eu vou destruir a Igreja.

O bispo retrucou:

– Você vai me desculpar, mas se tantos padres e bispos, cardeais e papas não conseguiram destruir a Igreja ao longo de quase dois mil anos, não será você que vai conseguir fazer isso no curto prazo de uma vida humana.

***