Deu no site da ABRAVA.

O Brasil pegou o penúltimo lugar em um ranking elaborado pela ACEEE – American Council for an Energy-Efficient Economy. Perdemos apenas para o México. O primeiro lugar ficou com a Alemanha. A pesquisa avaliou a eficiência no uso de energia das 16 principais economias mundiais por meio de 31 indicadores.

No item referente à eficiência energética nas indústrias, marcamos insignificantes 2 pontos num total de 25 possíveis. Na avaliação geral, atingirmos 30 de 100 pontos possíveis. O Brasil tem uma das tarifas mais caras do mundo, apesar das suas fontes de energia abundantes e renováveis.

Graças ao trabalho (?) dos governos socialistas – FHC (do primeiro Apagão), Lula e Dilma – chegamos a esta maravilhosa condição.

***

Anúncios