A obesidade já se tornou um problema mundial. Epidemia, pandemia, endemia, sei lá.

Ué!? Não ia acabar a comida? Os recursos não iam crescer em proporção aritmética enquanto a população ia crescer em proporção geométrica levando a fome pra tudo que é canto? De onde apareceu tanto obeso?

Os alarmistas da mídia e da escola não se cansaram de pregar a diminuição da população e atacar a Igreja, que sempre incentivou famílias numerosas.

Agora, estão mais quietos do que um morto.

***

Anúncios